Oi gente!! Há quase um ano criei o Chic Sem Esforço. Muita gente me diz que adora o nome  que dei ao blog, e volta e meia alguém me pergunta: "mas o que é ser chic, para você?" Hoje resolvi falar sobre os fatores que, na minha opinião, determinam se uma pessoa é chic ou não. Para você, o que é ser chic? Para mim, é um conjunto de coisas sobre as quais falarei a seguir.

- Ter postura - Isso é fundamental!! De que adianta você estar super bem vestida, se estiver corcunda ou não souber andar com elegância? Manter os ombros curvados para a frente, ficar parada ou sentar-se com pernas abertas, andar "marchando" ou andar movimentando demais os braços são atitudes capazes de "matar" até mesmo um look Chanel!
Portanto, levante o queixo, jogue os ombros para trás, a barriga pra dentro e movimente pouco os braços (não mais que 20 cm para a frente e para trás do eixo dos quadris). Não rebolar e não forçar uma "lordose" para parecer mulher-fruta também são atitudes fundamentais para quem quer ser elegante. Se sua postura não é boa, vai uma sugestão: o pilates é ótimo!
Postura tipo "corcunda" normalmente demonstra falta de auto-confiança, excesso de timidez ou baixa auto-estima. E vou falar uma coisa: um dos produtos de beleza mais eficazes é a auto-confiança, ela deixa qualquer pessoa mais atraente e interessante.


- Ter auto-confiança - Eu sei que acabei de falar disso no ítem anterior, mas acho que esse tema é muito importante e merece que falemos dele separadamente. A auto-confiança engloba uma série de coisas, além da postura. Somente com ela somos capazes de atitudes chics como: falar com voz firme, apertar a mão do outro com firmeza, olhar nos olhos, conhecer alguém e já engatar uma boa conversa, sentir-se à vontade em qualquer ambiente e com quaisquer pessoas, etc.

- Ter estilo - Não é que você tenha que ter um rótulo: ser clássica, romântica, rock n' roll, despojada.... Pode ser que você queira ser de um jeito a cada dia. Depende do seu humor, do clima, do evento, sei lá... Mas com certeza seus looks, sejam eles de qual estilo forem, tem alguma coisa em comum, um traço definido pelo seu gosto pessoal. E é assim que tem que ser.
Não tem nada mais brega do que gente que fica seguindo tudo quanto é "modinha". É muita falta de personalidade... Além disso, é preciso avaliar se uma determinada peça, dita "na moda", é adequada ao seu tipo físico, à sua idade e à ocasião.
Algumas mulheres que foram os maiores ícones de estilo de todos os tempos nunca seguiram modinhas. Tinham personalidade forte, altas doses de auto-confiança e são fontes de inspiração até hoje. A moda passa, o estilo é eterno.  
 - Ser antenada - Se por um lado é muito brega ficar seguindo tudo quanto é modinha, manter-se totalmente alheia às tendências é muito arriscado.
Vamos supor que seu estilo seja clássico e seu guarda-roupas seja recheado de boas peças de alfaiataria e acessórios neutros. Você não liga para moda e só compra coisas boas e atemporais. Usa as mesmas peças por anos, às vezes décadas.... Parabéns para você! Mas cuidado: de tempos em tempos, uma determinada modelagem de roupa pode estar em alta ou em baixa. Um determinado tipo de sapato (ou bolsa) pode estar se usando ou não. Alguns modelos não saem mesmo de moda nunca. Mas se seu look não tiver nada que o atualize, vai ficar boring, sem gracinha... parecendo que veio do "túnel do tempo". Por isso, é bom apelar para um sapato de modelo mais atual, ou uma bolsa.... Quem sabe o seu paletó pode ser mais ousado na cor ou no corte.... Ou ainda: suas peças são as mesmas de sempre, mas você pode conhecer a forma mais atual de usá-las. Faz toda a diferença.
Enfim, seja qual for o seu estilo, é muito importante que seu look contenha informação de moda, para dar charme e bossa ao conjunto da obra.
 - Ter educação - Ah, nem precisa falar, né? Eu subdividiria este tópico em dois: primeiro, a gentileza. Isso tem feito tanta falta nos dias de hoje... Acredita que tem gente que é capaz de entrar num elevador cheio sem dar um "boa tarde"? Ou ainda passar pelo porteiro de seu prédio sem cumprimentá-lo? Pior: desrespeitam um funcionário, só porque ele é mais baixo na hierarquia da empresa? Ou ainda: não bastasse não cederem o lugar a um idoso ou uma gestante, ainda são capazes de furar uma fila bem na frente deles? Fazer coisas assim é muita, mas muita falta de classe, né? 
Pobres pessoas amarguradas com a vida... Não sabem como a gentileza faz bem à alma de quem a põe em prática.
O outro subtópico da educação é: etiqueta e boas maneiras. Nem adianta dizer que é bobagem. É muito feio ver alguém comendo de boca aberta, usando os talheres para gesticular, falando alto e gargalhando em um ambiente formal. Enfim, uma pessoa chic tem que saber se portar e ficar à vontade com isso, seguir as regras de etiqueta de maneira natural. Para isso, é preciso que essas regras sejam adotadas no dia-a-dia da pessoa.

- Ser autêntico - Acho que este tópico engloba um pouco de cada um dos anteriores, mas eu resumiria assim: não há cartilha a ser seguida, não há modelo a ser copiado. Ser chic é questão de atitude, e só consegue ser chic de verdade quem é autêntico, age com naturalidade e tem muita auto-confiança.

E vocês? Concordam comigo? Acrescentariam ou retirariam algum tópico? O que é ser chic, afinal?
Beijinhos e até a próxima!!

12 comentários até o momento.

  1. Anônimo says:

    Achei Uóó...

  2. Anônimo says:

    Acrescentaria que ser chic é além de um estado de espírito, é antes de mais nada ser feliz,estar realizada profissionalmente, ser amada e bem resolvida!

  3. Anônimo says:

    Acho que você resumiu muito bem. Achei o post muito bom e esclarecedor! É gratificante encontrar uma cabeça pensante na web. Normalmente a gente lê muita besteira por aí.
    Beijos e parabéns.
    Lívia Keffler

  4. Ana Lúcia Silveira says:

    Concordo com tudo que disse. Mas eu resumiria ainda mais. Para mim ser chic é ter humildade sempre!
    Bjs
    Ana

  5. Kakaya says:

    Legal! Acho que temos que ressaltar que para ser chique não é preciso ser rico e ter somente roupas grifadas. Acho muito chique também quem sabe escrever. Tantos erros graves de português hoje em dia, não é?!
    Beijos.

  6. Brunelly says:

    olá
    Concordo com vc, mas acho q faltou o bom senso...vejo muitas mulheres que passa longe disso!!!
    bjos

  7. Ivana, sensacional este post, adorei!
    Das opiniões acima acho q realmente o "bom senso" é fundamental em algumas pessoas.
    Quanto aos itens postados por vc achei todos perfeitos principalmente o último q engloba todos os outros.
    Ser chic é ter atitude, educação, postura, auto-confiança, estilo e tudo o mais q te faça CHIC!
    Bjos

  8. Anônimo says:

    Olá,conheci uma senhora que já faleceu.Ela teve uma situação financeira muito confortável e infelizmente, virou miserável.Mas a sua elegância e a sua educação permaneceram.Isso é ser chique.Gente,ela era muito chique, mesmo não tendo nem o que vestir.

  9. Anônimo says:

    ESTÁ CERTÍSSIMA, SER CHIC É TER AS ATITUDES MAIS NOBRES POSSÍVEIS

  10. Anônimo says:

    ESSA SENHORA SABIA TINHA MESMO UMA BOA AUTO-ESTIMA!

  11. Anônimo says:

    gostei do seu comentario e concordo com tudo.

  12. Anônimo says:

    Ótimo artigo! Abrangeu os principais aspectos do que ser chique representa.

Deixe aqui seu comentário, dúvida ou sugestão.